Formação de professores

Práxis pedagógica em Educação Linguística

 

É hora de abandonar o ensino de línguas ultrapassado, prof!

O seu aluno não aguenta mais os métodos importados, as aulas repetitivas, os livros didáticos sem conexão alguma com a realidade.

E você não aguenta mais procurar soluções para isso e cair em armadilhas de gente sem formação para te ensinar, que acaba apenas camuflando as mesmas aulas repetitivas atrás de recursos online.

E agora?

Venha conhecer o Grupo de Práxis Pedagógica em Educação Linguística.

 

Evento aberto no Zoom - 20/05 - 11h

 

O que você vai descobrir no dia 20/05:

- Por que você não consegue sair do ciclo de buscar a solução para as dificuldades dos seus alunos em métodos, abordagens e materiais importados

- Como quebrar definitivamente esse ciclo (conforme as mais recentes pesquisas científicas voltadas par ao contexto brasileiro)

- É possível dar aulas que motivem TODOS os seus alunos, não só aqueles 10% mais dedicados

- Você pode dar aulas transformadoras  usando somente o tempo e o material que você já tem, e começar já na próxima semana

- Funciona para professores com muita experiência e para quem nunca deu aula na vida

E você terá a oportunidade de entrar no Grupo de Práxis pedagógica em Educação Linguística, onde eu vou te acompanhar passo a passo, ao vivo, ao longo de 4 meses em que as suas aulas passarão por uma transformação poderosa e definitiva.

 

Inscreva-se para acessar o evento!

 

Não poderá estar presente?

O evento ficará gravado - só para quem clicar no botão acima e entrar na lista de espera.

Mas vale a pena estar ao vivo para ganhar um bônus exclusivo ;)

 
EU!_edited.jpg

Quem vai te ensinar

Marina Grilli foi professora de inglês e de alemão, para alunos brasileiros de todas as idades e níveis de conhecimento, durante 16 anos.

Atuou na formação de professores de línguas na USP e no Instituto Singularidades, teve financiamento público aprovado para quatro projetos individuais de pesquisa em ensino de línguas, palestrou em dezenas de eventos e publicou mais de 20 artigos científicos.


Sua missão é levar professores brasileiros de línguas de prestígio a transformar a experiência de aprendizagem dos seus alunos e, assim, trabalhar pela igualdade social no Brasil.